O Problema com a Pureza

15:46

A pureza é como uma luz que brilha ao redor de quem ainda a mantém, ela é extremamente amável, tão atrativa, e pode causar tanta luxúria, o que é irônico.

Mas esse é o problema da pureza, entende? É uma luz forte que te cega, e você continua caminhando nela em direção a uma queda que vem mais cedo ou mais tarde. A pureza pode ser bruta. É crua e egoísta.
Ele é puro. Muito mais puro do que eu. Tu es pure, tu es encore plus pure que mois-même.*  Muito mais. E a pureza não é insegura, ela não se importa, não precisa. Ela não tem dúvidas. Não se apega ao desespero.
Eu me apaixono pela sua pureza, e eu desprezo sua pureza. Ela é linda, e irritante. Ela me atrai como uma casa de árvore abandonada que pode virar meu lar, e ela me faz sentir tanto frio que eu me encolho no meu canto, sozinha. Eu, a garota fudida, com muitas histórias fudidas para contar.
O problema da pureza.
O problema da sua pureza.
É que ela não parece aceitar muito bem a sujeira que vem comigo. E definitivamente parece não querer assimilá-la.
A ambição da pureza. Ela quer se manter; quer mais.
Não sei mais se eu admiro o que é puro, ou não.
Talvez eu te queira longe de mim. Não me iluda com o sonho da purificação, não me arraste junto com você para seu buraco cheio de luz branca. Eu não o quero. E não tente me fazer acreditar que você deseja que eu te arraste para o mundo escuro e vasto fora dele. Aquele que é puro hesita diante dessa vastidão, cheia de perigos, de amor de sangue e beijos e e e e... 
E eu odeio essa hesitação.
Vamos reinar dois mundos diferentes, cada um de um lado, mais ou menos como o Sol e a Lua. Eu sei que você prefere o Sol, é claro, pode ficar. Eu prefiro a Lua. Ela sempre foi uma mãe para mim. Algo que você não poderia entender. Seu mundo é simples. E isso é uma coisa linda, maravilhosa, mas fique do outro lado. Os senhores do mundo simples podem fazer os senhores do mundo da Lua se sentirem plebeus, escravos, pedintes, se chegam perto demais.

"Eu estou profundamente apaixonado por ninguém em particular." (Ezra Miller) 

*Você é puro, muito mais puro do que eu. - do livro de poesia Capitale de la Douleur, provavelmente escrito no Mundo da Lua, como toda poesia.

You Might Also Like

0 comentários

Popular Posts

Like us on Facebook

Flickr Images

Subscribe