Casa Assombrada

23:50

Eu sou uma casa assombrada. Eu nasci uma, e também fui me tornando uma. Uma vez que eu sei disso, posso começar a tentar desfazer essa condição.
O maior exercício da vida não é agarrar coisas, mas soltá-las.
As pessoas nos marcam como gado, elas nos traumatizam, mas podemos nos desmarcar, requer uma imensa, maravilhosa força. Mas nos torna ainda mais belos do que éramos antes.
Eu já estive em lugares terríveis. Nenhum pior do que em sua própria casa assombrada. Água benta não vai resolver, nem da igreja, nem de uma cachoeira, nem da boca ou pernas da pessoa amada. Nada externo vai exorcizar sua casa interna. Nem um sacerdote, nem, de novo, a pessoa amada, nem o repassador de drogas da rua, nem um escritor, nem um rock star no rádio, nem mesmo sua mãe ou um amigo. Uma casa assombrada pode, inclusive, assustar muitas dessas pessoas, sem sua intenção.
Uma casa assombrada pode ser quieta, calma, e pode parir uma tempestade.
Eu não quero assustar ninguém, nem a mim mesma, nem viver a menor versão do que poderia viver. Mas se as pessoas às vezes tem o poder de nos marcar e nos tornar assombrados, eu não deveria sentir que é bom mantê-las longe? Bom, esse é o pensamento de uma casa assombrada. Somos casas assombradas. Eu quero ser habitada de luz, não fantasmas.
Eu tenho que renascer fora do ego. Mas se eu tentar com muito esforço, será algo que virá do ego, e pelo ego, e isso não serve. Tarefa complicada. Soltar. Deixar ir. Nem seja uma casa. Só seja. Eu sou parte do todo, eu não sou nada. Só há alegria no todo. Só há alegria no nada. Nada é em qualquer lugar e de qualquer jeito, o nada não tem pressa, e sem pressa, eu chego lá o tempo todo, e nunca, o tempo todo, e nunca. Eu nunca termino. Eu me torno o que sou: imortal.
Eu tenho uma escolha entre alegria e sofrimento. O desafio é que o sofrimento pode ser lindo como uma puta bem maquiada e bem vestida. Mas se você sabe disso, você não vai chegar até o quarto do hotel com ela, você vai virar e ir embora do corredor. Se você negar que escolheu seu sofrimento, já está nele, qualquer negação nos leva até ele.
E também... Não escute nada do que eu disse. Não siga o sofrimento no corredor do hotel. Não siga ninguém. Não seja ninguém. Então, seja alegria. Seja tudo.  Ela só quer seu dinheiro, sabe. E você precise de uma graninha para si mesmo. 


You Might Also Like

0 comentários

Popular Posts

Like us on Facebook

Flickr Images

Subscribe